Pergunta PURANA: Será que se a Amy Winehouse tivesse recebido um trabalho eficaz de Conscientização ao uso de drogas enquanto criança e/ou adolescente ela teria evitado EXPERIMENTAR álcool e outras drogas para, assim, ainda estar VIVA entre nós seguindo uma vida sadia e saudável?

A legista britânica Suzanne Greenaway divulgou nesta quarta-feira (26) o laudo que aponta a causa da morte de Amy Winehouse, ocorrida em julho deste ano. As informações são do site da revista “People”.

De acordo com a publicação, a cantora teve morte acidental por ingestão excessiva de álcool.

Amy se julgava invencível“, diz mãe. A mãe da cantora  também revelou que Amy agia como uma garotinha que não consegue resistir ao desejo de colocar o dedo no ventilador, mesmo sabendo do perigo. “Não penso por um segundo que ela sequer tenha imaginado que poderia morrer ou que o álcool poderia matá-la.” fonte: Vírgula

Ela amava a vida, não queria morrer e dizia que ainda tinha muitas coisas a realizar“, afirmou à publicação. “Estive com ela no dia em que tudo aconteceu e quando fui embora, ela me abraçou e disse que me amava. Nunca imaginei que seria a última vez que nos encontraríamos”.

A PURANA existe pra, de forma inteligente e responsável, sugerir a crianças, adolescentes e jovens se divertirem e crescerem  EVITANDO EXPERIMENTAR bebidas alcoólicas, cigarro e outras drogas. Segundo a OMS e o Governo Federal, álcool e tabaco(cigarro), são drogas, no caso drogas lícitas e que causam danos por serem drogas psicoativas, assim como as drogas ilícitas também causam.

Lembrando, pessoas com propensão a tornarem-se dependentes de álcool e/ou outras drogas, ao experimentarem álcool e/ou outras drogas, têm a tendência a desenvolver a dependência até a morte.

 
Complementando:
Um dos maiores problemas de saúde pública em diversos países do mundo, o cigarro é uma das mais importantes causas potencialmente evitáveis de doenças e morte.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a cada ano, cerca de 2 bilhões de pessoas consomem bebidas alcoólicas, o que corresponde a 40% da população mundial acima de 15 anos de idade, e cerca de 2milhões de pessoas morrem em decorrência das consequências negativas do uso do álcool (por ex., intoxicações agudas, cirrose hepática, violência e acidentes de trânsito). Somente na América Latina e região do Caribe, estima-se que 10% das mortes e incapacitações estão relacionadas ao consumo de bebidas alcoólicas. Fonte: SENAD/OBID  

 

link aqui e aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>