O Adolescente

Durante a adolescência ocorrem mudanças de ordem emocional que são de extrema importância para o indivíduo,tais como o desenvolvimento da auto-estima e da autocrítica; questionamento dos valores dos pais e dos adultos em geral (FRIEDMAN, 1994)


A adolescência pode transcorrer de forma harmônica ou penosa dependendo da estrutura familiar e do contexto social. 

O caráter instável de personalidade desta fase constitui uma espécie de entidade nosológica, referida por Knobel (1993) como síndrome da adolescência normal, cujas características, entre outras, são: 

• busca de si mesmo e de sua identidade;
• separação progressiva dos pais;
• tendência grupal;
• necessidade de intelectualizar e fantasiar;
• crises religiosas;
• deslocamento temporal;
• evolução da sexualidade;
• atitude social reivindicatória;
• contradições sucessivas em todas manifestações da conduta ;
• constantes flutuações de humor e de estado de ânimo.

É preciso que a sociedade valorize seu potencial de contribuição e o apóie, permitindo que seus pensamentos, desejos, idéias e críticas sejam ouvidos. 

Dito em outras palavras, esta postura pressupõe a abertura de um espaço para o adolescente exercer sua liberdade e participar mais ativamente de seu processo de amadurecimento.

 

 

 

Os adolescentes atravessam um processo dinâmico e complexo de maturação. As transformações corporais, o surgimento de novas habilidades cognitivas e seu novo papel na sociedade são determinantes do questionamento de valores dos adultos que os cercam

Por isso, eles se predispõem a novas experiências testando atitudes e situações, que podem ameaçar sua saúde presente e futura, como por exemplo: acidentes, gravidez não planejada, doenças sexualmente transmissíveis, uso de drogas e distúrbios alimentares.

 

A adolescência é um período de crescimento rápido e de muitas modificações corporais, requerendo um aumento nas necessidades de energia e de nutrientes. Neste período podem aparecer novos hábitos de consumo, inclusive com reflexos na alimentação diária, explicáveis por motivos psicológicos e sócio-econômicos. 

Estes novos hábitos decorrem da:
- influência de amigos, 
- rebeldia contra os controles exercidos pela família,
- estabelecimento de novos limites,
mudanças de valores
- estilos de vida,
- busca de autonomia e identidade.



fonte: Ministério da Saúde 
Secretaria de Atenção a Saúde
Departamento de Ações Programáticas Estratégicas

http://www.saude.gov.br/editora

 


 
 

PURANA
A OSCIP da Vida  Sadia e Saudável com Música Ao Vivo!!!
Multiplicando Valores Hmanos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil

+55 (48) 8466 8008   
Copyright © by Azuma/Florianópolis/2010


A  PURANA agradece o Apoio de

         Violões     PATROCINE               PATROCINE            









        ESPAÇO A PATROCINADORES OBRIGADO!!!

                                                                                                                                                                                                                                                                                      PATROCINE

  Site Map